19 novembro 2008

Síndrome de Gregor Samsa

Você não precisa acordar metamorfoseado em um inseto gigante e repulsivo para se dar conta de que ainda não descobriu o porque de conseguir tornar-se volúvel e dezprezível aos olhos de quem o vê.

Ou viu.

5 comentários:

munny disse...

teu blog sempre lindo e cheio de coisas pra ler!



voltei com o meu (não conta pra ninguém).
artsdartdstyadsas

;*

alice disse...

er... sim... às vezes é só tomar um trago federal e falar um monte de merda, fazer algo que nunca imaginou fazer ou levar um tombo daqueles na frente de quem simplesmente não poderia ter tomado.
ou ser muito, muito malvado e nojento.
simples!

Ricardo disse...

o que mais tem por aí hoje em dia são pessoas com um grande potencial pra gregor...

Ricardo disse...

bom, pense como mais uma prova de que ninguém está sozinho...

=)

Cássio né disse...

já o percebi, ótimo